Eficiência comprovada em atendimentos emergenciais

Na manhã de uma quinta-feira um incêndio de grandes proporções destruiu parcialmente o prédio da Eletrobrás, esquina das Avenidas Presidente Vargas e Rio Branco, no centro do Rio de Janeiro. Frente a esta crise, a John Richard Locação de Móveis teve oportunidade de mostrar sua eficiência.
As três empresas que funcionavam no edifício tinham de minimizar os danos materiais e realocar, quase que instantaneamente, os cerca de 800 funcionários que lá trabalhavam, evitando assim maiores prejuízos com a paralisação dos serviços. A John Richard montou uma verdadeira “operação de guerra” para atender a urgência de seus clientes.
O resultado foi que, no dia seguinte ao incêndio, 580 postos de trabalho já haviam sido entregues e montados em cinco diferentes locais.
O incêndio, que começou por volta das 4 horas da madrugada, só foi contido por volta das 22 horas. No edifício, sete andares eram utilizados pelo Banco Real, dois pela Sul América Capitalização e onze pela própria Eletrobrás.
Seis horas após o início do incêndio, a John Richard recebeu o primeiro telefonema para cotação de aluguel de móveis da Sul América.
Ao longo do dia, Eletrobrás e Banco Real também entraram em contato.
A Eletrobrás iria distribuir seus funcionários entre seu prédio na Avenida Marechal Floriano e o da Eletronuclear, ambos no centro do Rio. A Sul América realocou seus funcionários para sua outra unidade, na Rua da Quitanda. O Real ABN acomodou seu pessoal em outras instalações do banco, na Rua Buenos Aires e na Rua do Ouvidor.

Operação de Guerra

Uma vez aprovadas as cotações, a John Richard preparou uma verdadeira “operação de guerra” para atender a urgência de seus clientes. As equipes de montadores do Rio foram reforçadas com pessoal de São Paulo.
Caminhões começavam o vai e volta São Paulo – Rio de Janeiro, transportando móveis adicionais para atender à demanda. Ordens de compra foram disparadas para os fabricantes dos móveis, que imediatamente iniciaram os processos de produção. Um relacionamento permanente foi estabelecido com os clientes para atender novas necessidades que surgiam. Tudo isso aconteceu sem que a rotina diária da John Richard, que inclui a elaboração de orçamentos, operação de entregas e retiradas, fosse afetada.

Cronograma

No mesmo dia do incêndio, à tarde, a filial do Rio de Janeiro da John Richard já havia atendido, com seu próprio estoque, duas das empresas atingidas, com 210 posições de trabalho. Até às 8 horas do dia seguinte, mais 370 postos de trabalho, desta vez do estoque regulador de São Paulo, haviam sido entregues. As demais posições foram entregues na semana seguinte. Em oito dias corridos as necessidades de mobiliário de 800 pessoas haviam sido atendidas. Os 800 funcionários das três empresas tinham sido distribuídos em cinco locais diferentes, num grande exercício de logística.

“Foi como uma ofensiva militar onde todos conhecem suas ordens, seus postos e objetivos”, lembra John Paz, diretor da empresa. “Os clientes foram perfeitos; o desafio deles foi muito maior que o nosso. As nossas equipes e o apoio dado pelos fornecedores foram excepcionais.”

Eficiência comprovada em atendimentos emergenciais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *